Hayley – Uma aula sobre a vida!

Ontem assisti um documentário no National Geographic (AMO) que me emocionou demais. Resolvi colocar aqui porque sinto é daqueles programas que podem mudar a vida de quem assiste.

Hayley, uma menininha de 13 anos, tem uma doença terminal chamada Progeria. É uma doença que envelhece as células do corpo da pessoa 8 vezes mais rápido do que a de pessoas saudáveis. Ela que precisa de ajuda, de esperança, de motivação… Mas o que aconteceu enquanto eu assistia, foi que ela me deu tudo isso! Me fez analisar a minha vida toda… E pensar no presente e no futuro como presentes de Deus – coisa que as vezes tendemos a esquecer.

Enquanto assistia sentia compaixão, tristeza, alegria, meu coração se encheu de esperança e dor… Tudo misturado, tudo ao mesmo tempo. Uma experiência realmente nova. Nova, e maravilhosa!! Uma verdadeira lição de vida.
Essa menina mudou a minha vida, e quero compartilhar isso com vocês porque acredito que Deus a colou na Terra para nos ensinar a sermos pessoas melhores.
Ela é iluminada, e espero que ilumine o dia de vocês e ajude a construir um futuro com mais amor, compaixão, respeito…

Beijinhos e boa reflexão!

 

Gostou? você pode compartilhar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu NUNCA comento em blogs, mas nesse post em especial me senti na obrigação! Que coisa linda, vc é muito fofa, uma pessoa muito iluminada e simples! Que Deus sempre te cerque de pessoas boas que querem o seu bem, vc merece! Continue assim, nao perca sua humildade e compaixao que assim vc vai longe!
    Beijos!
    PS: reparei que vc emagreceu e muito! O que vc fez? hahahaha! bjus

  2. oi Lu.. já havia visto esse documentário realmente é lindo e tocante.
    Muitas vezes temos problemas bem menores e acabamos querendo desistir de tudo!
    Lindo exemplo para refletirmos…
    beijos

  3. Eu penso que pessoas como essas são verdadeiros anjos a serviço de Deus que descem à Terra para mostrar o quanto o Senhor é bom, amoroso e misericordioso para conosco, pois precisamos ter sempre alguém para nos lembrar disso. Nós, os seres humanos, no fundo da nossa infinita ignorância espiritual, ainda achamos que nossos ínfimos problemas que sequer se comparam à grãos de areia em uma praia infinita são sempre piores que os dos outros e só em momentos como este somos capazes de perceber o quão abençoados somos todos os segundos de nossas vidas!

    Deus ama a todos nós e nos quer junto dele para todo o sempre!

    Espero encontrar todos vocês lá ao lado do Senhor!

      1. Lu, eu também assisti esse documentário ontem. Achei o máximo seu post, a vida não se resume a beleza apenas. Viver é muito difícil e poucas pessoas encaram isso. Ótimo saber que aqui tem espaço e público para estas reflexões.

  4. Lu, ao ler seu post de hoje, fiquei “arrepiada”! Porque também assisti o mesmo documentário e tive as mesma reflexões que vc, e hoje ainda pensei muito nela e de repente leio seu post! Acho que essa é a resposta que tanto queria…minha vida pode não ser fácil, mas tem gente com problemas piores e faz dos seus limões apenas uma doce limonada! Então famos nos levantar e correr atras. Beijo, adoro seu blog!

  5. Lu, Você é uma pessoa maravilhosa, de alma pura e coração cheio de bondade e compaixão! Mesmo sem te conhecer pessoalmente, eu posso sentir isso em cada post seu. E, infelizmente, o mundo está carente de pessoas assim como você … é por isso que passo por aqui diariamente! Obrigada pela dica. Vou procurar a reportagem e assistir. Beijo grande.

  6. Por essa e por muitas outras que cada vez mais te admiro, meus Deus, em meio a tantos blogs vazios, que literalmente só passam o consumismo vem tu mostra uma coisa dessa. Sempre quando estou triste, desanimada penso que existem pessoas como Hayley que apesar de ter uma vida limitada é muito feliz, dai qualquer tentativa de me sentir a ultima pessoa do mundo vai embora na hora. Muito mais importante do que falar em Deus é ter ele dentro de nos, guaindo nossos atos, é tu pelo jeito tem e muito.

  7. Lu, Ainda não tinha visto esse documentario…que lição de vida!!! E você mais uma vez se mostrando cada dia uma pessoa melhor com um coração imenso…:-) Bjoss

  8. Ei Lu! Adoro seu blog, to sempre por aqui de olho em tudo q vc posta, mas nunca tinha comentado!… Mas não posso deixar a chance passar e te agradecer por compartilhar esse video, gostei mto de ter visto, senti exatamente o que vc comentou antes do video! Gostei mto! e vou falar pra todo mundo ver!!!!! usauhuahushhs bjuss e mtoooo sucesso!!! =****

  9. Oi Lu, também assistir e me sentir muito mal. Porque sempre reclamo da vida, dai vejo exemplos de pessoas como ela que foi desenganada pelos médicos e tem tanta vontade de viver, tanta vontade de aproveitar tudo de melhor que a vida nos oferece com um sorriso imenso no rosto. Essa serie é serve para refletirmos tudo que acontece em nossas vidas. Parabéns pela iniciativa de compartilhar conosco a sua opinião sobre esse caso. mil beijos, fique com Deus. Ana

  10. Oi Luciana! Estou vindo parabenizá-la por tamanha sensibilidade, transparência, originalidade e humildade. Obrigada por dividires conosco, leitoras assíduas do seu BLOG, tamanha reflexão. A Hayley é um exemplo de vida e, acima de tudo, bênção do nosso Deus (“O Deus do impossível”). Com muito Carinho, Amanda. João Pessoa – PB

  11. Oi Lu! Nunca comento aqui mas vamos lá hehe! Aqui no Brasil tb existe uma menina com essa doença…num desses domingos de tédio comecei a assistir GUGU (abapha) e ele tava contando o caso da menininha…ela morava no nordeste e tipo…sem condições nenhuma de tratamento! Já que vc gostou tanto desse caso, vale a pena dar uma pesquisada no youtube e ver a história dela!!! Beeeeeeijos e fique com Deus =)

  12. Lu, Obrigada por compartilhar essa liçaõ de vida tão linda. Realmente temos muito que agradecer sempre. Que determinação, garra e coragem dessa menininha tão fofa e carismatica..realmente me tocou muito! Grande beijo

  13. Lu, lindo mesmo. Uma licao de vida né? Ai me arrependi de tersido chata c vc pedindo pra responder as leitoras..mas juro que fiz na boa. Bjos e adooro as dicas do seu blog.

  14. Olá como vai ,vim fazer uma visita no seu cantinho e convidar vc para fazer uma visita no meu blog conhecer o meu trabalho e ser uma seguidora http://www.vivendoartes-aleartes.blogspot.com.br e se vc tiver face pode me convidar neste perfil ficaria muito feliz de ter vc como amiga http://www.facebook.com/vivendoartesII caso vc queira dar uma espiadinha também tenho uma lojinha virtual http://www.vivendoartes-aleartes.com.br fico esperando por vc até mais

  15. Parabéns pelo post !! É muito bom compartilhar esse tipo de experiência, é aí que enxergamos que podemos ser pessoas melhores, e que nossos problemas realmente podem ser superados!! Fique com DEUS…. bjoo

  16. Oi Lu,
    Nunca comento em blogs, apesar de adorar o seu e sempre acessa-lo, mas este seu post merece! Eu assisti o mesmo documentário, mas já faz umas 2 semanas. Realmente esta menina é um ensinamento de vida para todos nós. Hoje só sabemos reclamar, fofocar, o famoso ‘mimimi’, e nos esquecemos do básico da vida: ser feliz e amar o próximo. Parabéns pelo post, pelo comentário e pelo blog (que não é como muitos por aí que só colocam posts fúteis e propagandas).
    Um Beijo

  17. Visito seu blog quase diariamente rsrsr parabéns !

    eu assisti esse documentario é muito bom ! muitas pessoas deveriam assistir , tantas reclamam tanto da vida e esse menina com tudo isso é feliz cheia de esperança e fé !

    Beijinho

  18. Muito Obrigada por proporcionar que eu conhecesse uma história tão linda como essa! Obrigada!

    Vc não tem ideia da injeção de ânimo, esperança e vontade de viver q esse vídeo me deu! Obrigada novamente!

    Q Deus abençoe vc e a hayley…

    bjossssssss

  19. Lú,quase sempre imaginamos que meninas ricas,que podem ter praticamente tudo que o dinheiro pode comprar,sejam fúteis e vazias.Confesso que me surpreendo a cada dia com você, que demonstrater um coração puro e também fanqueza ao falar dos seus sentimentos.Você é linda por dentro e por fora!
    Que Deus abençoe a você e todos aqueles que você ama.Beijos da Nanda.

  20. Que força de vontade de viver…..lição de vida mesmo!

    Q fofa, ela só queria ter cabelos para poder lavar e balançar ao vento….e a gente as vezes reclama dos nossos cabelos, q tão isso e aquilo, q queria crespo, liso, ruivo….

    Beijos Lú!

  21. Nossa Lu, eu tambem assisti na quarta no discovery! Liguei a TV pra conseguir dormir e quando comecei a assistir perdi o sono! Passei por todos estes sentimentos que descreveu, e fiquei anciosa pra saber o que ia acontecer com ela…Fiquei triste, mto triste e ao mesmo tempo foi um tapa na cara , pra mim pelo menos, que sempre estou reclamando de alguma coisa! É triste, mas da mesma maneira é uma lição de vida!! Como ela sorri e se diverte! E como é inteligente e otimista! AMEI assistir e torço mto por todas essas “crianças” que sofrem com essa doença. Que a ciência consiga logo ter mais progressos!

    Para vc que AINDA não assistiu e deve achar que se trata de algo chato..
    ASSISTA!!!!
    Vai mudar completamente seu conceito de vida!

    Lu,
    Amo o seu blog s2
    (não tenho o costume de comentar por falta de tempo mesmo, sorry, mas todo dia te acompanho! amei o post!!)

    Beijos
    Paulinha

  22. O Lu.acabei de assidtir o documentário e estou pensando como sofremos e damos valores a coisas tão pequenas..como nos aborrecemos por pouca cosa!!A vida é muito mais que isso!!!!Temos de agradecer todos os dias por estarmos vivos e fazer o nosso melhor..ajudar o próximo e enxergar o que realmente importa nessa vida!

  23. Lú ameii o documentário!! Queria dizer que sou sua Fã e que embora eu não comente sempre, eu entro todos os dias, e super acompanho o blog é o meu preferido pela essência e autenticidade que tem!!!
    Vc é uma princesa mais daquelas com sangue real msm nobre em suas atitudes um pessoa linda que eu admiro muito, Um ser humano com valores e msm com toda sua grana vc prefere se sentir util levantando todos os dias pra ir trabalhar diferente de muitas outras que vivem badalando em festas e viajando pelo mundo sem fazer nada de util!!! Vc mostra sua simplicidade na linguagem que usa no blog isso nos faz sentir super próximas de vc como se já fossemos amiga á long time…
    Realmente vc é diferente tem personalidade é iluminada e merecedora de toda a admiração que desperta nas pessoas!!!
    Ah devo confessar que sigo muito suas dicas sempre que vou á SP eu vou em algum restaurantes que vc indicou o ultimo que fui foi o Botta gallo MARAVILHOSO!!! e sua loja então sou FÃ aqui na minha cidade não tem mais eu sempre to indo pra Curitiba ou SP e não perco a oportunidade 284 é parada obrigatória hahahahh
    bjo Lú

  24. Oi Lu! Muito bacana você passar pros seus leitores “algo mais”.
    Além da Hailey, também conheço o caso de uma menina chamada Adalia. Ela também tem essa doença, porém é mais novinha do que a Hailey.
    Ela tem uma página no Facebook: https://www.facebook.com/AdaliaRose
    É super fofa e cheia de vida, uma verdadeira lição.

    Um beijo!

  25. Adoro acompanhar blogs.. muitas menina capricham muito..
    mas o seu blog é único. reúne tudo que uma mulher precisa: beleza, inteligência e compaixão
    Continue postando mais e mais
    adoramos
    :***

  26. Que lição de vida essa menina, muito obrigada por compartilhar um video tão lindo, estou com os olhos inchados de tanto chorar…Tomara que Hayley encontre a cura.
    Obrigada Lú, amo seu blog!
    Beijos

  27. Ela é uma graça!! Já tinha visto antes (sempre passa) e sempre fico toda boba com as coisas que ela fala e o jeitinho de falar, mt fofa, típica criança!! Se ACHA adolescente mas ainda é uma menininha!!!

  28. Adorei o vídeo! Chocante mas cheio de lições.. incrível que mesmo quando as coisa pioravam, ela sempre procurava um lado positivo! Às vezes sofremos por coisas tão pequenas, reclamamos tanto e nossa vida é tão perfeita mesmo os altos e baixos.
    bjs

  29. Lu, Obrigada por compartilhar essa liçaõ de vida tão linda, eu nunca comento blog, mas nesse post tao lindo impossivel me imocionei muito! Beijos desde Madrid

  30. Lu,
    também assisti esse documentário enquanto descansava no quarto do hotel!
    Mesmo sendo uma história triste, ela era a coisa mais fofa e inspiradora!
    E quando ela foi provar as perucas? Lindinha demais!!! A felicidade dela era inexplicável!

    Beijos