ENJOOS NA GRAVIDEZ

Hello!!!

Gravidinhas e mamães de plantão, muitas de vocês estão tendo ou tiveram aquela fase de enjoos? Pois bem, eu sofri um mês com isso… Tiveram duas/três semanas beeem criticas que foi da decima a decima segunda. Agora estou na decida terceira, fechei o primeiro trimestre (UFA! Vários medos vão embora… Uhuuu) e já estou bem melhor!

Mas, sofri o que muita grávida sofre por meses… E achei um tanto quanto “incomodo” (para não falar outra coisa!) Hahaha
Estava em Miami na loja de roupas para gestantes, que falei AQUI, a Pea In The Pod e a vendedora me perguntou dos meus enjoos. Contei que eles existiam, e que não eram só pela manhã não – AHAM, tem essa também viu gente? MORNING SICKNESS o caramba! O enjoo não tem hora, é o dia todo, a tarde, a noite… Não tem essa de enjoos matinais. Pelo menos comigo não teve, e ninguém tinha me dito isso, então achei que estava ficando louca! Hahaha
Voltando ao assunto, a moça me ofereceu uma bala para esses enjoos. Descrente, eu a comprei.

fotografia 1 copy 2

fotografia 2 copy 2

Resultado? Ela ajudou muuuito em alguns dos enjoos que eu tive… E eu fui descobrindo que comidas azedas me ajudavam bastante naqueles momentos também.
A bala é bem azedinha, não é um milagre mas me ajudou!

Fica a dica para quem for viajar e quiser comprar. E também a dica de “alimentos azedos” para quem não vai viajar… Limonada, vinagre de vinho branco, azeitona, etc… Tudo isso me ajuda bastante!

Alguma outra dica para mim e para as gravidinhas?
Beijinhos

Gostou? você pode compartilhar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Ei Lú,

    Não estou grávida e nem nunca estive, mas estou curtindo muito este momento maternidade da minha funcionária que está grávida.
    É um momento lindo, mas morro de dó por conta dos enjoos, queda de pressão e os desejos… Ah, os desejos! E eles acontecem quando o marido não está presente e eu estou! 🙂 Trabalho em uma multinacional que fica na região central de BH onde tudo é de fácil acesso, mas onde encontrar umbú (uma fruta verde, azedinha do norte/nordeste)? Minha equipe e eu tivemos que nos desdobrar para encontrar e matar o desejo dessa mamãe tão querida!

    Estou adorando vivenciar tudo isso com ela. É impressionante como tudo muda e fica lindo!
    Voltando de Berlim, passei em uma farmácia e encontrei essa bala, mas de outra marca. Comprei para ela que está gostando. Ela tem a mesma opinião que vc, ajudou, mas não é um milagre da vida, saber? Rsrsrs.. normal!

    Beijo,

    Raissa

  2. Oi Lu! Comigo ja foi o oposto! Estou na 23a semana e nunca tive nenhum enjoo… De qualquer forma, todo mundo me disse que biscoitos de gengibre tambem ajudam muito… Bjs!

  3. Lu, estou grávida do meu segundo filho. O meu filho mais velho está com 4 anos e 8 meses, enjoei na gestação dele mas, sinceramente, já tinha me esquecido como é essa fase. Estou enjoando horrores, até água está difícil de tomar. Mas tudo vale a pena quando pensamos na vidinha crescendo dentro da gente, né? Deus abençoe a sua gestação e cubra vocês de saúde. Beijo

  4. Oi Lu!!
    Estou grávida de 31 semanas. Da 5ª semana até a 20ª enjoei sem parar um minuto… Mas não era só enjoo, era tudo, sabe?? Hehe.. Não tinha horário, e não tinha nada específico que me fazia enjoar, qualquer coisa, inclusive a água, fazia tudo voltar..
    Precisei, em 3 ocasiões, ficar em observação no hospital, pois estava desidratada já, emagreci 7 quilos..
    Foi muito muito ruim.. Me sentia péssima, pois além do mal estar sempre me passava pela cabeça que, com os enjoos a minha alimentação estava prejudicada e eu não conseguiria passar pra minha baby tudo que ela precisava.
    Ai, além de enjoar, eu chorava horrores!!!
    Conversei muito com o médico sobre isso, ele me explicou que por mais que nós sofremos, mesmo que a mamãe vomite tudo que comer, nunca faltam nutrientes para o bebê. E é por isso que muitas vezes nos sentimos fracas, pois o que nos resta, nós repassamos para eles.
    Pesquisei muito sobre o assunto, pois foi uma coisa que me deixou muito fragilizada e, entre os principais motivos do enjoo, está o nível do hormônio da gravidez, e o meu era altíssimo..

    Depois de um tempo me acostumei com o mal estar, até que ele foi diminuindo e agora raramente sinto alguma coisa, mas agora quase sempre os motivos são estômago vazio (de manhã) ou quando como um pouco além da conta (já me falta espaço na barriga).

    O meu médico receitou um medicamento chamado Vonau, ele é indicado para quem faz quimioterapia e me ajudou bastante, principalmente por não precisar engolir, ele dissolve em baixo da língua.

    Como eu enjoei da água (???) meu fiel companheiro era o gatorade, e com ele me mantive por um bom tempo (agora não posso nem ver na frente hehehe)..

    Mas é incrível, agora que os enjoos passaram, nem me lembro deles.. É como se nada fosse ruim perto da experiência que é carregar uma coisinha feita com tanto amor dentro da barriga.

    Se você já ama ele agora só de ver no ultrassom e ouvir o coração, a hora que sentir os movimentos você vai ver que não existe tamanho para esse amor. É a coisa mais linda do mundo.

    Desejo a vcs toda a alegria do mundo, toda a saúde e todo amor que essa relação merece!
    Com certeza esse baby será lindo, muito saudável e muito amado!!!

    Beijos!

  5. Lu,

    Parabéns!!! Fiquei contente com a novidade e desejo muitas felicidades e saúde para você e para o seu lindo príncipe.

    Eu nunca fiquei grávida mas várias amigas que já tiveram filho falaram que nesta fase do enjoo elas chupavam limão. Como fazia efeito rápido uma amiga chegou achar o limão delicioso, hahaha.

    Coisas azedas ajudam muito mesmo.

    Beijos e curta muito cada momento desta nova fase

  6. Oi Lu, tb estou grávida, amanhã completo 16 semanas, e graças a Deus não sofri do mal do enjôo! Ano passado 7 amigas minhas engravidaram (detalhe básico, TODAS elas de MENINA) e via todas compartilhando seus momentos de enjôo ao escovar os dentes, ao sentir cheiro de comida, de perfume etc…. ficava só imaginando quando chegasse minha vez, e pra minha surpresa, nada! Meu problema é outro, toda tarde sou possuída por um sono absurdo, incapacitante, rs… Bom, sou adepta dos azedos tb, no início da gestação queria Fruttare de limão toda hora, H2O de limão tb é uma boa pra tapear o enjôo! Deus te abençõe! Bjos!

  7. Lu,
    Acho que a sua nutri já deve ter ajudado, mas sempre indico para as minha pacientes gestantes, o picolé de limão! Ajuda mt!
    Alimentos mais azedinhos são ótimos para essas náuseas!
    Mas vale lembrar também que os alimentos secos (torradas, biscoito água e sal) são mais tolerados nesses casos..
    Bjs

  8. Queridas, eu tive MUUUUUITO enjoo, rs
    E o pior, durante TODA a gravidez…no meu caso o enjoo era mais intenso e isso tem nome ( pois é): hiperemese.
    Eu tomei Meclin e Vonal (alternava os dois). Sao remedios contra enjoo, proprios para gestante e nao dao sono como o Dramim (vale perguntar para o medico de vcs; esses remedinhos dao uma boa aliviada).
    A boa noticia é que o enjoo é um bom sinal de que a gravidez vai muito bem. Poucas pessoas sabem disso, mas eu li TUDO a respeito e acabei descobrindo muitas coisas…quando enjoamos é sinal de que o nosso corpo está fazendo um esforço e mudando para receber o bebê, mudando pq existe algo novo nele. Qdo nao enjoamos, é sinal de que o corpo nao faz este esforço e quem faz é o bebe (segundo estudos na maioria das vezes é assim, nao é regra), ou seja, enjoo é sinal de gravidez saudavel, rs Tinha que ter uma vantagem, rs Sacrificio de amor! E no meu caso, eu vomitava 3 vezes por dia (muito amor, rsrs), mas a alegria do nascimento é tao grande, que a gente esquece de tudo isso…a dor se torna fraca perto da força da felicidade de gerar um bebê!
    Bencaos SEM FIM sobre vc e linda e nova familia, Lu Tranchesi!

  9. Ei Lu!
    Parabéns pelo seu bebê! Que ele venha cheio de saúde e aumente os laços de amor que o criaram!
    Seu blog é para mim leitura diária, mas nunca comento, porque meu tempo é meio curto.
    Também estou grávida de 5 meses de um menininho muito serelepe e que vai ser xará do seu filhinho! E vou te contar uma coisa, todo mundo falava que essa história de enjoo é mais comum pela manhã e minha mãe dizia ainda que era capaz que eu nem ia sentir, porque ela e minha avó nunca sentiram nada. LO-RO-TA!
    Nos três primeiros meses da gestação do meu Antônio eu passei a suco de limão, picolé de limão e rodelas de abacaxi muuuuito geladas… Eu passei muito mal com os enjoos, durante as 24h do dia. Cheguei a pensar que não ia dar conta…
    Mas aí vem a parte boa, que é a chegada do quarto mês, quando você começa a sentir as mexidinhas do bebê e parece que eles chutam todo o mal-estar pra bem longe! E aí só fica a curtição!
    Aproveite o seu momento! Curta cada minuto e cada centímetro de barriguinha!
    Um beijo,
    Marina